Início da emigração Polonesa para o Brasil – História – Nomes

A cultura polonesa está em muitas coisas no nosso dia-a-dia, seja na culinaria ou costumes, até mesmo nos nomes dos nossos filhos. Se quer saber mais sobre esse povo, não deixe de ler as próximas linhas.

Pensando nos destinos dos emigrantes poloneses, os primeiros países que vêm à mente de muitos São: Estados Unidos, Alemanha, REINO UNIDO e Canadá. Provavelmente uma das cidades mais conhecidas com o maior número de descendentes poloneses fora da Polônia é Chicago.

Bosque da cultura Polonesa em Curitiba

Surpreendentemente para muitos, a segunda cidade é chamada Curitiba no Brasil, a única cidade brasileira que ganhou seu nome próprio em língua polonesa, sendo chamada Kurytyba. A Imigração Polonesa no Brasil começou em agosto de 1869, quando um grupo de 16 famílias polonesas (cerca de 80 pessoas) chegou de navio para a costa brasileira. Não foi fácil trazer Poloneses para o território do Brasil.

Envolveu muitos meses de negociações com o governo brasileiro para criar um espaço para eles na parte sul do país que já estava ocupada por outras nacionalidades, especialmente alemães. No final dessas negociações, o governo brasileiro financiou as viagens de famílias polonesas e todas elas receberam um alojamento em uma cidade chamada Pilarzinho perto de Curitiba, no Estado do Paraná.

Brasil e os imigrantes

Os poloneses não foram os únicos que emigraram naquela época para o Brasil, na verdade havia muitas outras nacionalidades que emigraram para este país distante, como portugueses, alemães, italianos, etc. A principal razão associada a esta tendência foi o acordo assinado com a Inglaterra em 1830, falando sobre o transporte de escravos da África tornando-se ilegal.

Devido à falta de mão-de-obra barata, o Brasil começou a procurar substitutos na Europa, atraindo pessoas que muitas vezes estavam vivendo em miséria com perspectivas de vida melhor, transporte gratuito e alojamento.

chegada dos poloneses no brasil

A Polônia se dividiu desde 1795 entre três invasores não existiam, em muitos casos as pessoas foram roubadas de todos os seus pertences e houve várias tentativas de eliminar ou até mesmo destruir totalmente a cultura polonesa. O conceito brasileiro, portanto, apelou a muitas pessoas. Estima-se que entre 1869 e 1920 aproximadamente 60 000 poloneses se mudaram para o Brasil.

Os polacos, tal como outros estrangeiros, sofriam de muitas dificuldades no início, tais como aprender a nova língua, adoptar o novo clima, etc. Como em tudo, porém, o tempo ajuda a superar todos os problemas. Com o tempo eles conseguiram criar sociedades com igrejas e escolas polonesas, as pessoas encontraram sua nova casa…