Cidadania

O que é e como funciona o IPVA GO? Saiba mais!

Tem dúvidas sobre a data do pagamento do IPVA GO? Neste artigo reunimos todas as informações necessárias para você entender mais sobre a aplicação deste imposto, onde pagar, alíquotas e muito mais. Continue lendo e conheça todos os detalhes do IPVA GO.

    1. O que é e como funciona o IPVA GO?

O Imposto sobre a Propriedade de Veículos Automotores – IPVA GO, é um tributo que deve ser pago todo início de ano por donos de carros, motos, caminhões, ônibus, vans e demais veículos terrestres com até 15 anos de idade, contados da data de fabricação. Veja aqui como funciona o Renavam GO 2021.

Esse imposto começa a ser pago sempre em janeiro e a arrecadação do mesmo é de competência do Governo Estadual. No caso do IPVA GO, o governo goiano fica responsável pelo seu recolhimento.

50% do valor arrecadado é destinado ao município ao qual o carro está emplacado. O restante não se destina apenas a melhorias relacionadas ao transporte, mas a diversas áreas, o que inclui saúde, educação, segurança e muito mais.

O tributo, em alguns casos, pode ser parcelado em até três vezes. O seu não pagamento na data estipulada pode resultar na cobrança de juros, multa, havendo a possibilidade, inclusive, da inserção do nome do devedor na divida ativa.

    1. Consultar IPVA GO

Em Goiás, o boleto para pagamento do IPVA GO é enviado para a casa do contribuinte. O Detran GO alerta para que os proprietários não caiam em golpe, pagando boletos falsos que também estão sendo enviados para confundir o cidadão.

Segundo o órgão, o proprietário do veículo deve ficar atento aos detalhes constantes no boleto, como por exemplo, os dados do veículo, a logomarca do Detran e se o banco é a Caixa Econômica Federal.

Quem tem dúvidas sobre a autenticidade do documento recebido, pode gerar o documento por meio do site do Detran, pelo aplicativo ou em uma unidade Vapt Vupt.

Para consultar e emitir o boleto por meio do site do Detran é simples, basta estar com o documento do veículo em mãos e seguir as seguintes etapas.

  1. Acesse o site do Detran pelo endereço: https://www.detran.go.gov.br/psw/#/pages/conteudo/consulta-veiculo;

  2. Com o documento em mãos, busque pelo número da placa e do renavam;

  3. Insira os dados no site e selecione a caixa onde tem “eu não sou um robô”, em seguida clique em consultar;

  4. Serão apresentados todos os boletos de pagamento para o veículo em questão;

  5. Agora é só imprimir o boleto do IPVA GO!

    1. Calendário de pagamento do IPVA GO

Em Goiás, assim como na maioria dos estados brasileiros, a data de vencimento do IPVA é determinado pelo final da placa do veículo. Para entende-las, é preciso conhecer o calendário de pagamento disponibilizado pela Sefaz GO.

O pagamento do tributo pode ser feito em parcela única ou dividido em até três vezes. Carros com motor 1.0 e motos com até 125 cilindradas, possuem redução de 50% do valor.

Veja as datas para pagamento.

Final da placa

1ª parcela

2ª parcela

3ª parcela

1

30 de janeiro

27 de fevereiro

30 de março

2

5 de fevereiro

5 de março

6 de abril

3

2 de março

6 de abril

6 de maio

4

6 de abril

6 de maio

4 de junho

5

6 de maio

4 de junho

6 de julho

6

1º de junho

6 de julho

6 de agosto

7

6 de julho

6 de agosto

3 de setembro

8

6 de agosto

3 de setembro

6 de outubro

9

3 de setembro

6 de outubro

5 de novembro

0

30 de setembro

30 de outubro

30 de novembro

    1. Onde pagar o IPVA GO

Com o boleto em mãos, o mesmo pode ser pago em qualquer agência bancária do estado. Vale mencionar que o pagamento do tributo deve ser realizado sempre no dia do vencimento.

Caso o pagamento não possa ser realizado até as datas previstas no calendário, serão inclusas taxas, juros e multa ao débito, além da impossibilidade da realização do licenciamento do veículo.

    1. Alíquotas do IPVA GO

Alíquotas são percentuais aplicados sobre o valor venal do veículo e que vão definir o quanto de imposto o contribuinte deve pagar. Esses percentuais variam de acordo com o ano, tipo e características do veículo.

Em Goiás, as alíquotas podem ser de 1,25% a 3,75%.

  • 1,25% para ônibus, caminhões, micro-ônibus, veículos aéreos e aquáticos utilizados no transporte coletivo de passageiros e cargas;

  • 3% para motocicletas e similares;

  • 3,45% para veículos utilitários;

  • 3,75% para veículos terrestres de passeio, veículos aéreos, aquáticos e os demais não listados.

    1. Como entrar em contato com o Detran GO

O Departamento Estadual de Trânsito do Estado de Goiás – Detran GO, é o órgão responsável pela aplicação da legislação de trânsito em território estadual e tem como missão promover um trânsito seguro e humanizado, com foco na educação e preservação da vida.

Você pode entrar em contato com o órgão para esclarecer dúvidas sobre assuntos como licenciamento, IPVA ou DPVAT através dos meios abaixo:

  • Endereço: Av. Eng. Atílio Correia Lima, Nº. 1875, Cidade Jardim, Goiânia/GO.

  • Telefones: 154 ou (62) 3269-8800;

  • Site: https://www.detran.go.gov.br/.

    1. Conclusão

Agora que você já tem as informações necessárias para o pagamento do IPVA GO, você já pode imprimir ou solicitar o carnê de pagamento e realizá-lo em qualquer correspondente bancário.

Atente-se para as datas mencionadas e não esqueça de pagar o imposto no prazo estipulado, evitando assim, maiores dores de cabeça. Qualquer dúvida relacionada ao tema pode ser esclarecida no departamento de trânsito estadual Obrigado pela leitura e até a próxima!

As mudanças para o polonês nos séculos XX – História

Parecia que tudo estava indo muito bem para os poloneses que vivem no Brasil, mas então algo inesperado aconteceu. A lei introduzida em 26.8.1939 apenas alguns dias antes do início da Segunda Guerra Mundial colocou muitas proibições sobre os estrangeiros que vivem no Brasil.

A principal razão para este ato foi o poder crescente dos imigrantes alemães no sul do país. Para evitar que o seu poder de aumentar ainda mais, daquele dia em diante, o governo Brasileiro tornou obrigatória para as crianças a aprender nas escolas tudo em português, bem como aprender sobre a história e a geografia do país. O mesmo se refere ao uso das línguas maternas nas igrejas, em lugares públicos ou durante o serviço militar. Tratava-se de criar uma consciência nacional única.

O impacto natural disso foi que os descendentes poloneses que já não viviam na Polônia por tantos anos, muitas vezes já nascidos no Brasil, começaram a esquecer suas origens e sua cultura.

O Papa Karol Wojtyla

Uma grande mudança aconteceu depois que Karol Wojtyla da Polônia se tornou o chefe da Igreja Cristã. Desde sua eleição pode ser observado um despertar do Espírito Polonês entre os descendentes de imigrantes, a busca por suas raízes, bem como a apreciação das culturas, tradições e costumes poloneses.

Hoje Em Dia, Curitiba

Se você viajar hoje em dia para a região do Paraná, verá muita influência polonesa. Por causa de um grande número de pessoas com origens polonesas você pode observar muitos edifícios seguindo o estilo de arquitetura Polonês, você pode experimentar cozinha polonesa (como pierogis, Zurek etc) ou participar de atividades tradicionais, como performances de dança ou Missa de Páscoa. A cidade é também a localização do Consulado Polonês no Brasil e em algumas universidades há a possibilidade de ter aulas de língua polonesa.

 

Descendentes poloneses têm contribuído para o desenvolvimento da economia brasileira por muitos anos, ao mesmo tempo em que ensinam aos brasileiros sobre a cultura polonesa. Curitiba é considerada uma das cidades mais desenvolvidas do País de origem e como conclusão pode-se dizer com certeza… imigrantes contribuíram para este status.

 Início da emigração Polonesa para o Brasil – História – Nomes

A cultura polonesa está em muitas coisas no nosso dia-a-dia, seja na culinaria ou costumes, até mesmo nos nomes dos nossos filhos. Se quer saber mais sobre esse povo, não deixe de ler as próximas linhas.

Pensando nos destinos dos emigrantes poloneses, os primeiros países que vêm à mente de muitos São: Estados Unidos, Alemanha, REINO UNIDO e Canadá. Provavelmente uma das cidades mais conhecidas com o maior número de descendentes poloneses fora da Polônia é Chicago.

Bosque da cultura Polonesa em Curitiba

Surpreendentemente para muitos, a segunda cidade é chamada Curitiba no Brasil, a única cidade brasileira que ganhou seu nome próprio em língua polonesa, sendo chamada Kurytyba. A Imigração Polonesa no Brasil começou em agosto de 1869, quando um grupo de 16 famílias polonesas (cerca de 80 pessoas) chegou de navio para a costa brasileira. Não foi fácil trazer Poloneses para o território do Brasil.

Envolveu muitos meses de negociações com o governo brasileiro para criar um espaço para eles na parte sul do país que já estava ocupada por outras nacionalidades, especialmente alemães. No final dessas negociações, o governo brasileiro financiou as viagens de famílias polonesas e todas elas receberam um alojamento em uma cidade chamada Pilarzinho perto de Curitiba, no Estado do Paraná.

Brasil e os imigrantes

Os poloneses não foram os únicos que emigraram naquela época para o Brasil, na verdade havia muitas outras nacionalidades que emigraram para este país distante, como portugueses, alemães, italianos, etc. A principal razão associada a esta tendência foi o acordo assinado com a Inglaterra em 1830, falando sobre o transporte de escravos da África tornando-se ilegal.

Devido à falta de mão-de-obra barata, o Brasil começou a procurar substitutos na Europa, atraindo pessoas que muitas vezes estavam vivendo em miséria com perspectivas de vida melhor, transporte gratuito e alojamento.

chegada dos poloneses no brasil

A Polônia se dividiu desde 1795 entre três invasores não existiam, em muitos casos as pessoas foram roubadas de todos os seus pertences e houve várias tentativas de eliminar ou até mesmo destruir totalmente a cultura polonesa. O conceito brasileiro, portanto, apelou a muitas pessoas. Estima-se que entre 1869 e 1920 aproximadamente 60 000 poloneses se mudaram para o Brasil.

Os polacos, tal como outros estrangeiros, sofriam de muitas dificuldades no início, tais como aprender a nova língua, adoptar o novo clima, etc. Como em tudo, porém, o tempo ajuda a superar todos os problemas. Com o tempo eles conseguiram criar sociedades com igrejas e escolas polonesas, as pessoas encontraram sua nova casa…